Total de visualizações de página

27 de ago de 2011

CAVALEIRO NEGRO




Cavaleiro errante que invade meu querer
Alimenta em mim novamente a esperança
Vagando por entre florestas encantadas
Afugentando o medo em mim
Lê meus pensamentos mais secretos
Esguia-se por entre meus sonhos
Ilumina minhas noites tão frias
Recriando-me lentamente a cada anoitecer
Ocultando em ti aquela que um dia te pertenceu

Nega-me o sonho.... o desespero de perder você
Encanta-me com suas palavras mais uma vez
Guardo-te em mim... meu louco querer
Rogando aos deuses que tragam-te de volta
Outra vez.. apenas por amar você.