Total de visualizações de página

29 de set de 2011

AMA-ME


Ama-me apenas pelo que sou meu querido.
Não deseje mais do que eu posso ser, porque não conseguirei mudar.
Ama-me como amas a noite... que acalenta seus sonhos mais sombrios.
Ama-me assim... apenas por hoje e nada mais.
Porque só assim, seremos felizes, vivendo um dia de cada vez, sem medo... sem mágoa... sem rancor.
Ama-me com a fúria sórdida da tua alma... com a solidão que te avassala
Porque somos tudo o que um dia desejamos ser....
Porque és Meu Lord das Trevas... meu amigo... minha vida.
Ama-me pelo meu sangue... que é tudo o que mais desejas
Ama-me pela fera que reside em mim...
Ama-me pelos seus desejos mais profanos...
Ama-me como te amo...
Na calada da noite fria...
A cada amanhecer...
A cada canção que escuto...
A cada tempestade... a cada sonho não realizado.
Porque amo-te assim... incondicionalmente
Sem cobranças... sem desilusões...
Então peço-te ama-me apenas e nada mais!

CARTA A UM GLADIADOR


Meu amado gladiador,

Permita-me chamá-lo assim, meu adorado amigo, porque não encontro outra maneira de tratar-lhe nesse momento.
Temo por sua segurança a cada batalha enfrentada... mas peço-te do fundo da minha alma, lute com o coração puro, com a certeza de estar cumprindo sua missão, só assim sairá um vencedor.
Saiba também, que estarei aqui, sempre a sua espera, uma espera silenciosa... mantendo a esperança em mim, de que um dia possa ser sua amada Athena, que possa ocupar teu, coração, seus pensamentos e sua alma.
Vá... enfrente suas batalhas... suas guerras... mas não deixe de voltar.
Cuide-se meu amado gladiador... e que os deuses nos permitam um próximo reencontro... sempre.
Saudades eternas!