Total de visualizações de página

3 de dez de 2011

PERIGO NA NOITE


Essa noite... descobri o quanto é perigoso
Porque...
Lentamente.. entrou em meu mundo
Ocupou meu castelo...
Vigia-me a cada segundo
Tira-me o fôlego.... a razão
Ocupa-me o pensamento a cada segundo
Será que levou a sério a frase
"Decifra-me ou decoro-te?"
Porque tenta decifrar meus pensamentos....
Meus sentimentos... meus desejos....
E eu lentamente desvio de você
Tento manter essa calma aparente
Esse desejo que queima minha carne
Amo-te e esse será meu maior segredo
Por isso... essa noite... será apenas mais uma noite...
Onde descobri... que você é bem mais que um amigo.
E não sei como lhidar com isso...
Porque somos iguais....aguardo assim seu retorno
E recomeçamos essa guerra de palavras mais uma vez.

MORPHEU


Meu Deus dos sonhos

Ocupa lentamente minha alma tão ferida

Recria-me no silêncio da madrugada

Permanece em mim cada desejo teu

Horas e horas de minha existência

Espero-te assim.... na calada da noite e nada mais

Unificando em mim meus desejos tão secretos.