Total de visualizações de página

22 de ago de 2011

QUEM É VOCÊ.... ESTRANHO.....




Quem é você.. "Estranho"
Que ousa entrar aqui em meus domínios
E me envolver com seu mistério
Quem é você?
Que nada teme, que parece poder sentir-me
Que sabe meus pensamentos mais secreto
Que sabe cada passo tomado
E sempre está presente em meu caminho.
Tento desviar, mudar a rota
Mas de nada adianta, ali está você novamente
Olhando-me... observando-me
Afinal.... quem é você?
Alguém que me encanta e ao mesmo tempo apavora
Que traz um mixto de sensações em meu coração
Alguém que mesmo sem querer domina-me, silencia-me
Afinal....
Quem é voce??

FRENESI



Maldito esse frenesi, que sinto a provar
O doce cheiro do teu sangue
Tão quente, tão doce, deliciosamente tentador.
Esse frenesi que me envolve a alma
Ma faz despertar o animal adormecido em mim
Me faz ser apenas eu, sem máscaras
Sem esse maldito disfarce
Queria eu, não sentir tal desejo
Poder me deixar em seus braços
Com a certeza do despertar amanhã
E ter você novamente a me amar.
Mas até quando, resistir...não sei...
Você da-me a vida e eu te ofereço a morte
Maldito frenesi... apenas por amar você!

DOCE VENENO



QUERIA EU
SER ESSE DOCE VENENO EM SEUS LÁBIOS
VENENO ESSE
QUE TE FAZ PERDER A RAZÃO
ENLOUQUECER SEM MOTIVO
DOCE VENENO
QUE LHE INVADE A ALMA, A MENTE E O CORAÇÃO
ESSE VENENO
QUE TE RECRIA A CADA INSTANTE
QUE TE LEVA DO ÊXTASE A TRISTEZA EM UM SÓ SEGUNDO
QUISERA EU
SER ESSE DOCE VENENO
QUE FAZ SEU CORAÇÃO QUASE PARAR
OU O ACELERA A TAL PONTO
DE TE FALTAR O AR
QUISERA EU,
FAZER-TE ASSIM
UM SUICIDA ETERNO
SEMPRE EM BUSCA
DO VENENO CHAMADO AMOR!

DECIFRA-ME SE PUDER...



Sempre me perguntam isso, sou um misto de tudo
Fui mãe... fui filha
Sou seu sonho mais feliz...eu maior pesadelo
Sou garota sonhadora... sou mulher madura
Sou a princesa a espera do príncipe
Sou a bruxa má dos contos de fadas
Sou guerreira... ou camponesa
Sou loba... sou vampira.... sou mulher
Encantada por tudo
Nem eu mesma sei dizer quem sou
Sou assim.. seu mistério
Decifra-me se puder.....

APENAS UM SONHO.... NADA MAIS






Este é apenas um sonho, sonho este que esta gravado em mim.
Muito bem, falemos de uma noite, sem lua, fria, onde um ser da noite completamente linda, sedutora, seus cabelos eram longos e vermelhos como sangue, suas vestes, negras tanto quanto o manto da noite, perfeitas, vagava lentamente, buscando algo.
Entrou em um bar, de musica country, estaria ali o que tanto procurava? Ficou em um canto do bar, apenas observando os transeuntes do estabelecimento, vezes ou outra, distraia-se com a música, até que avistou ele, um homem moreno, de cabelos negros como a noite, barba a fazer, olhos castanhos, vestido tipicamente, como manda o recinto (perfeito...pensou ela), observava-o em todos os seus movimentos, via o quanto as humanas se encantavam pela sua beleza, e interessou-se por ele.
Permaneceu, em seu lugar, até que resolveu se aproximar, lentamente, e simplesmente sorriu para ele, seu sorriso era encantador, sedutor, ele retribuiu e resolveram sair dali.
Caminhavam em silêncio, rumo a qualquer lugar, ela ouvia suas palavras, quase sem sentido, entraram no carro, ele dirigia, ela apenas observava-o. Logo chegaram ao apartamento do jovem, era tudo caprichosamente organizado, ela gostou do que viu.
Conversaram por algum tempo, tomaram vinho e ela o fez envolver em seu manto de sedução, beijou-lhe levemente os lábios, fazendo-o estremecer (ela sabia exatamente o que causava e adorava isso). Ele tentava manter-se coerente, perante a situação, mas ela queria mais, muito mais, então, decidiu atacar.
Beijou-lhe os lábios quentes, enquanto suas mãos acariciavam seu pescoço, ele sentiu um leve tremor, suas mãos eram frias, e a cada toque sentia-o estremecer.
Ele não resistindo mais a tamanho desejo, deixou-se envolver, pelo véu de sedução dessa encantadora estranha, já não existia mais nada entre eles, a não ser o desejo.
Seu vestido colado ao corpo, deixava-lhe ver as curvas perfeitas de seu corpo, seios fartos, ele por sua vez, respiração ofegante, deixava-se levar apenas, as mãos daquela criatura da noite, faziam-lhe estremecer, ela lentamente tirou-lhe a camisa, observava cada centímetro daquele corpo, deliciosamente selvagem, queria domá-lo e assim o faria.
Enquanto beijava-lhe suas unhas afiadas passeavam pelas costas, lentamente, num vai e vem, enquanto ele gemia de prazer, abria-lhe o vestido, deixando-o cair sobre o tapete, fazendo-o vislumbrar o corpo que lhe era oferecido. Roupas intimas negras, contrastando com a pele branca, e ela delicadamente afastou-se, caminhando para o quarto, e ele a seguiu sem nada a dizer, deitou-se naquela cama, delicadamente trabalhada, ele observava-a da porta, e ela fez apenas um sinal, e murmurou, vem..., e ele rendeu-se deixando tudo esquecido.
Chegando ao lado da cama, deixou a taça de vinho sobre o criado mudo, e observava-a, como querendo entender porque tanto desejo, ela sorria, e lentamente abriu-lhe as calças, deixando o membro ereto mais a vista, sorriu.
Ela estava de joelhos sobre a cama, beijou-lhe... e o fez deitar.... suas mãos acariciavam sua pele, quente... deliciosamente quente, suas unhas roçavam suas cochas, tão próximas de seu membro, mas ela não ousava toca-lo ainda, queria enlouquece-lo queria que implorasse por isso, as mãos quentes dele percorriam todo seu corpo, e deixou-se envolver por tal desejo, a essa altura já estavam completamente sem roupa, deliciando-se cada qual com o corpo oferecido.
Ela estava sobre ele, e lentamente foi descendo, provocando com sua língua, cada parte de seu corpo, até chegar a seu membro ereto, deixava apenas roçar em sua pele fria, enquanto suas mãos o acariciavam, lentamente... lambia-o, procurava ver o quanto aquele pobre rapaz conseguia se controlar, fazia-o estremecer e gemer de prazer, quando ele implorou-lhe que o deixasse entrar em seu templo tão sagrado, ela simplesmente, sentou-se sobre ele, fazendo-o estremecer ainda mais, em um vai e vem enlouquecedor, quando ela realmente deixou seus intintos aflorarem... a respiração dele já era quase incontrolável, ela notou sua jugular, saltada, deliciosamente pronta para o bote final, quando ele estava chegando ao êxtase, ela apoderou-se daquilo que tanto desejava, teu sangue, ele gemeu pela dor causada, tentou afasta-la , nas não conseguia... ela sugou-lhe o ultimo fio de vida... levantou-se, vestiu-se... nem olhou para traz, deixou o corpo inerte, sobre a cama, mais uma vitima da calada da noite. Ela seguiu noite a dentro e não foi mais vista.
Ao despertar, ainda tinha a sensação daquele corpo encantador, olhei ao redor, nada encontrei, e notei, foi apenas um sonho, nada mais....

CARTA DE DESPEDIDA



ESTOU AGORA EM MEUS APOSENTOS, O SILÊNCIO QUE INVADE O AMBIENTE, SÓ É QUEBRADO PELAS BATIDAS TRISTES DO MEU CORAÇÃO.
HOJE VOCÊ ME DISSE, QUE ESTAVA DE PARTIDA, QUE ME DEIXARIA.
POR QUE? SERIA A PERGUNTA MAIS JUSTA, E APENAS ME DISSE QUE NOSSOS CAMINHOS NOS SEPARAVAM AQUI.
MAS COMO DIZER ADEUS, A ESSE QUE ME CRIOU, OU MELHOR, ME RECRIOU, ME DEU A VIDA, ME FEZ QUEM SOU, UMA MESTIÇA, QUE POR AMOR FOI CAPAZ DE MUDAR COMPLETAMENTE SUA VIDA.
COMO DIZER ADEUS, AO MEU CRIADOR, AQUELE QUE ME DEU A VIDA E UMA RAZÃO PARA EXISTIR?
DESEJAVA IMPLORAR, PARA QUE FICASSE AO MEU LADO, PORQUE AMO VOCÊ E SEM VOCÊ NÃO SOU NADA, MAS NÃO IMPLOREI, NÃO CHOREI NA TUA PRESENÇA, PORQUE APRENDI COM VOCÊ QUE CADA UM TRAÇA SEU PRÓPRIO DESTINO, E VOCÊ ESCOLHEU O SEU, ENTÃO DEIXO-TE PARTIR, NA ESPERANÇA DE QUE UM DIA RETORNE.
AGORA NÃO ESTÁ MAIS AQUI, E AS LÁGRIMAS QUE CORREM EM MINHA FACE, SE MISTURAM AO TURBILHÃO DE SENTIMENTOS QUE VAI EM MINHA ALMA, ENTÃO PRECISO NOVAMENTE REAPRENDER.... SER APENAS EU, SERÁ DIFÍCIL, MAS HEI DE APRENDER, MAS JAMAIS DEIXAREI DE AMAR VOCÊ, PORQUE VOCÊ ESTÁ EM MIM.
SENTIREI SAUDADES, MAS SEI QUE SERÁ MELHOR ASSIM, DECIDI ME RETIRAR, VOLTAR AO DESCANSO ETERNO DOS VAMPIROS, E QUEM SABE UM DIA VOCÊ VOLTE, E ME DESPERTE NOVAMENTE.
MAS UMA COISA EU DIGO, PREFIRO TER VIVIDO ESSE AMOR, DO QUE PASSAR TODA MINHA ETERNIDADE SEM SABER O QUE É TAL SENTIMENTO.
SAUDADES ETERNAS.

(CARTA DEDICADA A LOBO NEGRO... AQUELE QUE ME ENSINOU SER BEM MAIS DO QUE EU IMAGINAVA SER)

RECOMEÇAR É PRECISO






A PARTIR DE HOJE ESSE BLOG SERA SOBRE SERES APAIXONANTES E NÃO SERÁ APENAS UMA HISTÓRIA DE AMOR.... ESPERO QUE GOSTEM DO QUE IREI TRANSFORMAR ESSE BLOG.... COM MEUS TEXTOS..... BLOODY KISSES