Total de visualizações de página

11 de out de 2011

AMOR VIRTUAL



Mas eu não espero encontrá-lo. Mas a cada dia, a cada noite, mas sei que um dia virá
Você tomou meu coração, minha alma com tudo  que você é: com seus olhos, sua boca, suas ações têm falado mais do que tudo.
O futuro? Eu não sei.Parece tão longe.
Vejo apenas os caminhos que me levam a você... sempre
Tenho, enfim, uma coisa a dizer é ... para o infinito porque eu te amo, meu querido.
Vou abrir as portas “Meu computador! “
Entre! Traga-me   suas histórias de idade
Deixe-me para descansar invisível em seus ombros! ...
Eu não sei olhar em seus olhos, mas sei sentir seu olhar, e suas palavras
Siga em frente rumo ao meu coração.
O mundo parece tão pequeno por trás desta rede!
E você só, eu  não sei onde,
Sem passaporte, cruza as fronteiras o limite do impossível
Você traz paz e consolo, uma palavra,  belas flores sem perfume,
Mas isso é um bálsamo para a minha alma ...
Vou abrir minha casa assim, você pode entrar! ...
Conte-me sobre você, permitam-me a rir seu riso
Me deixe secar suas lágrimas, se preciso for.
Você não é apenas um nome  escondido atrás de uma arroba,
Você tem uma alma e asas, como os verdadeiros anjos ...
Você tem um "eu"  Quem precisa e deve ser respeitado,
Quem precisa e deve ser amado. Virtual, de fato, mas é tudo o que tenho
Mas meu carinho e meu amor são verdadeiros, leais tudo o que tenho mais real.
Então espero-te sempre atrás desta tela meu computador.
Porque somos sonhos... desejos... paixão e muito mais
Meu apaixonante AMOR VIRTUAL!

LÁGRIMAS E CHUVA


Há chuva lá fora, e eu estou pensando em você
Há lágrimas em meus olhos por não ter você aqui
Quisera eu enviar-lhe todo meu amor, a cada passo que dou
Eu me preocupo com você, e quero-te bem e nada mais
Minhas lembranças, falam-me existe a tempestade
Mas ainda posso sonhar, deixar meus pensamentos me levar até você
Você é minha razão de sonhar, de amar... de ser feliz
A vida sem você não tem sentido, é um vazio... sem graça
Um labirinto sem saída, uma loucura interminável
Penso eme nós dois e me perco em meus delírios mais uma vez
Venho-me andando na rua, nos invernos frios da minha alma
Na esperança de uma nova noite, como sempre.....
E que nessa noite, finalmente nos encontremos... e que você possa ver
Que não somos nada um sem o outro
Porque nosso amor nos recriou... e é assim que somos
Um amor imortal... apenas adormecido pelo tempo.
Amo-te



SOLIDÃO E DESEJO





Como eu vou dizer que não sinto tua falta
Que não penso em você a cada segundo
Preciso tanto de você
Lembro-me de ti a cada instante
Como um grito melancólico da noite
E me perco mais uma vez em você
Espero que entenda o que vou dizer
Tenho saudades do seu olhar, do teu sorriso... do seu amar
Anjos e demônios lutam por minha alma
Mas tudo o que mais desejo é voltar
Para seus braços, onde é o meu lugar
Não entendo, porque tanta dor, depois de tanto tempo
Então na distância me perco mais uma vez
Tudo o que queria era sentir-te, tocar-te pela última vez
E então lembro-me que você destruiu minha alma
Você disse adeus e foi verdade
Eu era sua boneca, seu fantoche, e assim que você se divertiu
Era entretenimento em seus dias de tédio, em seus dias de solidão
E uma boneca de vidro, o tempo passou
E ainda não me recuperei dessa dor imensa.
Que destrói tudo entre eu e você
Nossos sonhos, desejos, esperanças e principalmente nosso amor
Agora resta-me apenas a condenação final
Solidão eterna.... vivendo de lembranças desse amor
Que é tudo o que tive um dia para viver....