Total de visualizações de página

25 de set de 2011

À VOCÊ MEU AMOR


Como posso eu, uma simples vampira,
 me perder em você,
não consigo tirar-lhe do meu pensamento,
é como se você fizesse parte te mim, complicado isso,
sinto o que você sente, escuto teu chamado,
enlouqueço quando não posso atende-lo,
será imaginação, ou posso escutar  chamando-me....????
Já não sei mais, meus instintos confusos demais para decifrar essa sensação que invade minha alma
Amo-te a cada anoitecer, no silêncio da madrugada, em cada amanhecer.
Saudades eternas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário